29 junho 2009

ter 20 anos

Aqui há tempos (quando o ambiente +/- sadio das escolas ainda justificava festas) pediram aos professores que escrevessem um texto, um poema, uma frase, sobre o tema "ter 20 anos".

Isto foi o que me saiu ..

TER 20 ANOS

É um fogo-de-artifício.
É estar na dança - e ser o centro.
É acreditar-se imortal,
filho de Deus,
o próprio – quem sabe?
É agarrar o mundo a quantas mãos
do impossível
brotem como fontes.
E é ser a onda
que vem visitar a praia
e vai
revoltear o mar.
Um riso que não se apaga,
uma paixão!
Fogo ateando fogo.
Um rodopio de palmas,
uma festa.
E é “amar, amar perdidamente”.
É Florbela , é Sophia,
E o Caetano Veloso, pois então!
Verso redondo muito prenhe
de alegria.
É rima – ou não – isso que importa?
É espiral de sonho.
É luz.
É vida
tão vivida.
Viva!

2 comentários:

João Francisco disse...

al, permites que eu dê este poema aos meus aluno como motivação para a pesia? Ele é lindo!

al disse...

permito, claro!!! e fico muuuuito orgulhosa por teres gostado.. a mim deu-me prazer escrevê-lo..
Obrigada, João!!
bjis
ana