10 março 2009

as coisas que eu sabia!! ;-)

Andei em arrumações. Dentro de um livro, descobri uns apontamentos do tempo em que frequentei umas aulas de mestrado sobre literaturas comparadas.. foi há .. bué.. ;)

O que ontem li nos tais rascunhos deixou-me a um tempo triste e pasmada: as coisas que eu sabia! - e que aqui quero partilhar, em mimos de excertos incompletos:
  1. o que define um personagem é o exercício de hermenêutica a que ele obriga
  2. todo o romance é feito de discursos exegéticos e hermenêuticos; um romance não poderia existir sem estes exercícios..

Pois .. a enorme utilidade das arrumações: fui pesquisar, fiquei mais ou menos esclarecida relativamente àquilo que tinha esquecido. Descobri, também .. que a ausência da teoria, a ignorância dos termos literários, não me impede de continuar a ler, interpretar, apreciar romances. Será talvez aquela história de que a cultura é o que fica depois de esquecermos tudo o que aprendemos..

Ainda assim, aqui fica uma breve explicação dos termos, para quem precise de fazer figura.. :-))

  • A hermenêutica é a ciência ou metodologia da interpretação, especialmente de um texto escrito. Uma forma ampla de interpretação, no sentido da procura do simbólico. ver fonte
  • A exegese é a disciplina que aplica métodos e técnicas que ajudam na compreensão do texto. fonte, aqui

baralhados?
então: hermenêutica é o estudo das diversas formas e técnicas de exegese (interpretação) - resumo tirado daqui



- a imagem acima (imagine-se uma representação de hermenêutica dançando com exegese) é um quadro de Roman Morhardt

2 comentários:

Anónimo disse...

Eu também estudei estas coisas na faculdade e, em tempos, quase que as ensinei, quando ainda se ensinava literatura e os alunos liam uma carrada de livros no secundário...agora acho que a hermenêutica deve ser a que tem as mamas maiores ! :)
Ana gouveia

al disse...

boa, boa, Ana!!!
Gostei!;-))))