21 maio 2010

apeteceu-me..

é, eu sei, completamente extemporânea .. achei piada .. muito mais ainda depois de ler isto


3 comentários:

TM disse...

Hahaha! Boa, Ana! :D

Quanto ao texto no "Jugular", a eliminação dos feriados religiosos é uma coisa que, em parte, procuro compreender num estado "laico" (depois do aparato papal tenho dúvidas se ainda o somos...), mas a abolição do 5 de Outubro e do 1 de Dezembro?! Aquelas mulheres drogam-se?! Que é feito da independência, da soberania e da República Portuguesa? Eliminemos, então, o 25 de Dezembro... Que importância para a nossa história é que essa data teve? Eliminemos, então, o 1 de Janeiro, que para ano novo já temos o fogo de artifício... E, porque não, eliminarmos também o 10 de Junho? São tantas coisas... "Portugal, Camões, Comunidades Europeias, etc"... Como disse, percebo a decisão de, num país laico, eliminarem-se os feriados católicos, já que não seriam eliminados por completo, seriam apenas desinstitucionalizados, porque um hindú tem, por exemplo, direito ao seu Bikrami Samvat... Está previsto na lei as pessoas de várias confissões religiosas legalmente reconhecidas como tal terem direito aos seus feriados... Agora, não é justo que essas pessoas tenham direito a esses feriados e, ainda por cima, a uma sexta-feira santa ou a um Natal... Enquanto ateu, sinceramente, ficava um bocado chateado se perdesse o descanso dos feriados religiosos, confesso-o... Mas, pelo menos, não ficava com sentimentos de culpa! Aliás, fico um bocado chateado por não ser hindú, que estive a ver agora e eles têm carradas de feriados! A acumular aos outros que nós já temos, significa muito fim-de-semana prolongado! :D

Beijinhos e, já agora, feliz dia do luto circassiano!

Post Scriptum (para não se confundir com o outro...): Sou contra a proposta das senhoras... Não tanto pela redução do número de feriados, mas por achar que não é a tentar agradar a gregos e a troianos, a cristãos e a republicanos, que vão conseguir alguma coisa mínima... Para o conseguirem teriam de sacrificar uma das partes, e ai de nós (e ai delas, também...) se for a República... Beijinhos ^^

AL disse...

"Aquelas mulheres drogam-se?!" - drogam-se, Tiago, só pode!! ;-)) e obrigada pelo completíssimo comentário!! as coisas q eu aprendo contigo!!
bjis

TM disse...

Obrigado eu, Ana... Sinto-me lisongeado :)

Beijinhos ^^